13 setembro 2017

O que fazer quando não se pode mais renovar com curso de inglês



Recebo muitas mensagens de pessoas que querem ir para a Irlanda, e a história é sempre a mesma. Vão como estudantes de inglês, e a ideia é não voltar mais. Na teoria parece fácil, mas na prática a história é bem diferente.

Todos sabem que o visto de estudante dura 8 meses, e você pode renová-lo mais duas vezes. Ou seja, no total, no máximo 24 meses como estudante de inglês, o que dá 2 anos.

Mas o que fazer quando seu prazo como estudante de inglês está terminando e você não quer ir embora da Ilha Esmeralda? Hoje trago algumas opções:

1. Faculdade
A forma mais comum de ficar na Irlanda é fazendo faculdade. Há universidades com preços acessíveis onde brasileiros e latinos estão apostando suas fichas para ficar no país. Os cursos mais comuns (e baratos) são Business (a nossa famosa administração) e IT (tecnologia da informação).

Esses cursos custam me média €4.500,00 anuais e não existe parcelamento. Na Europa é preciso pagar o curso à vista. A vantagem é que ao invés de 8 meses, o visto de estudante para faculdade dura 1 ano.

Mas deve-se ter em mente que, se você for fazer uma faculdade que dura 4 ou 5 anos, deverá pagar esse valor todo ano. Então, não é nada barato. Você precisa analisar se é isso mesmo o que você quer e se vale a pena fazer uma faculdade que não quer para ficar em Dublin. No final da faculdade você tem direito a mais 1 ano de visto para procurar emprego e trabalhar full time.

Outros cursos são caríssimos para não europeus, coisa de 9, 10 mil euros anuais.

2. Pós-graduação
Para quem já tem uma formação no Brasil, às vezes vale a pena partir direto para uma pós-graduação. Elas são mais caras, mas geralmente duram apenas 1 ano e depois você ainda tem direito a 2 anos a mais de visto para procurar emprego e se colocar no mercado de trabalho.

Pesquisei alguns cursos na área de marketing, administração e contabilidade; que custam em média €10.000,00. Mas diferente da faculdade, esse valor você paga só 1 vez e no total seriam 3 anos de visto. Financeiramente vale mais a pena, o problema é que você precisa desse dinheiro praticamente à vista e juntar 10 mil euros não é simples assim.

3. Visto de Trabalho
Você pode conseguir um emprego que te dê visto de trabalho, mas não é nada fácil. Alguns áreas são mais fáceis como T.I. como exemplo. Não sou nenhuma expert em visto de trabalho, mas até onde eu sei, a empresa precisa provar para o governo que não há nenhum europeu que faça o que você faz para te conceder seu visto de trabalho. E nem toda área está elegível, você pode conferir se a sua área permite ou não no site do governo.

4. Casamento
Obviamente se você casar com um irlandês ou europeu, você pode ficar legalmente no país.

5. De Facto Partnership
É a nossa união estável. Se você está namorando um irlandês ou europeu e casar não está nos seus planos, você pode tentar o Visto De Facto Parnership. Você precisa estar morando junto com a pessoa no mínimo 2 anos e é necessário provar várias coisas.

6. Dupla Cidadania
Se você tem descendência europeia, pode tentar tirar seu passaporte. Cada país tem suas regras e o mais comum (e fácil de tirar) é o italiano. Vale fazer sua árvore genealógica e ver se você tem direito à dupla cidadania.




Essas são as formas de continuar morando legalmente na Irlanda depois que seu período como estudante de inglês expirar que eu conheço. Depois de 5 anos morando no país, você pode pegar cidadania irlandesa, lembrando que os anos como estudante NÃO CONTAM. Nem de inglês, nem de faculdade.

Como disse, não sou nenhuma expert em vistos, mas espero ter ajudado dando alguma ideia de como funcionam!



Para acompanhar meu dia a dia em Dublin, siga-me nas Redes Sociais:


Facebook: Tá na Europa
Instagram: @talitanossol
Twitter: @YoSoyTa_


:*

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dúvidas, sugestões e recadinhos são bem-vindos!