31 agosto 2015

Primeiras compras em Dublin

Algumas coisas temos que comprar assim que chegamos, não tem como escapar. Vou dividir com vocês alguns itens que acredito que todo mundo vai acabar comprando aqui em Dublin.

Bom, os primeiros itens nem todo mundo, mas sim as meninas. Eu não trouxe secador de cabelo e chapinha do Brasil porque dividia com a minha mãe, então deixei para ela e comprei aqui. Lembrando que na Irlanda a voltagem é 220V, se as suas coisas não forem bivolt nem adianta trazer.


Assim que cheguei fui direto na Argos, já tinha lido em alguns blogs sobre ela, que era barata e tinha de tudo. Ela tem um modo diferente de atendimento, não há produtos a mostra e sim um catálogo em que você escolhe e confere em um computador se o produto está disponível em estoque. Depois só pagar e esperar chamar a senha que seu produto está prontinho para levar. Achei sensacional!



Escolhi um dos secadores de cabelo mais baratos, apenas €9,99. Como o meu cabelo é fino, está dando conta tranquilamente.



Mesma situação com a chapinha, escolhi uma bem simples, pois meu cabelo é fino, então é só para dar uma ajeitada. E também venta tanto em Dublin que nem adianta caprichar muito no liso, dois passos na rua e o cabelo embaraça todo! Ela custou €14,99.

Importante frisar que tem secador e chapinha de todos os preços, marcas, etc. Cabe a você escolher. Se quiserem dar uma olhada no site da Argos para se familiarizarem com os produtos é www.argos.ie.

Meu computador acabou estragando aqui em Dublin e comprei na Argos também, recomendo bastante a loja.


Precisei comprar cobertor, toalha de banho e lençol. Comentei no post sobre os Erros e Acertos da Mala que me arrependi de não ter trazido mais toalha e lençol, tive que comprar aqui. Desta vez escolhi a Penneys.


Comprei um cobertor, esses fininhos mesmo que usamos no Brasil. Como ainda é verão não senti necessidade ainda de comprar um mais grosso. Custava €16,00 e paguei €12,90 na promoção.


A toalha de banho paguei €4,90. Era a mais barata, havia alguns jogos que se você comprasse 3 ficava mais em conta. Mas como eu não iria usar tantas toalhas peguei uma avulsa mesmo.


O lençol de solteiro paguei €7,90. Não era o mais barato, mas esse era de malha, muito confortável e a diferença era de apenas 2 euros. Posso economizar em qualquer coisa, menos aonde vou dormir né?! Cama é sagrada! haha

A Penneys é muito famosa por suas roupas baratíssimas, logo postarei sobre algumas promoções de lá. Quem me acompanha no Snap sabe que fiz a festa nas blusinhas de 1 euro. Como não resistir né?!

Espero que tenham gostado do post. Para acompanhar meu dia a dia em Dublin siga-me nas Redes Sociais:

Facebook: Tá na Europa
Twitter: @YoSoyTa_
Snapchat: talitanossol
Instagram: @talitanossol

;*

30 agosto 2015

1 mês na Irlanda



Hoje completo 1 mês na Ilha Esmeralda, um mês muito intenso de descobertas, novidades, decepções, alegrias, chegadas, despedidas e saudades.

A chegada na acomodação foi um susto, o lugar era antigo e bem precário, mas foi bom para eu perceber já no começo que o intercâmbio não é uma colônia de férias. Conheci pessoas muito legais e tive que me despedir, pois elas já estavam voltando para o Brasil.

Já risquei algumas coisas da minha lista de 100 em 1.000, conheci Cliffs of Moher, parques e castelos, aqui se vivencia a história no dia a dia.

Fiz 2 mudanças de acomodação, 2 entrevistas de emprego e incontáveis quilômetros andados. Meu pé já sangrou várias vezes, tomei muita chuva, mas também levei um torrão no sol.

Descobri que posso cozinhar muito bem, e também que não tenho mais idade para aguentar muita coisa nessa vida. Chorei apenas uma vez de saudade, mas todos os dias sonho com minha família e amigos do Brasil.

Me decepcionei com a escola, e se pudesse voltar atrás, teria investido um pouco mais e escolhido uma melhor.

E o inglês? Só falo português nesse lugar! Em todo lugar a todo tempo sempre encontra-se brasileiros. O dia em que mais falei inglês foi quando fiz uma entrevista com uma família irlandesa para ser au pair. Mas sinto que meu inglês está se desenvolvendo dia após dia e estou perdendo a vergonha de falar com as pessoas.

Fiquei sem dinheiro, demorei para abrir a conta no banco, mas finalmente consegui fazer tudo e tirar o visto de 12 meses.

É possível viver sem carro quando se tem um transporte público que funciona. E as maiores diferenças até agora que senti do Brasil: qualidade de vida e segurança. Não tem nem comparação, vocês vão me entender quando chegarem aqui na Irlanda. E venham logo, vocês não vão se arrepender!

Para acompanhar meu dia a dia em Dublin, siga-me nas redes sociais:

Facebook: Tá na Europa
Twitter: @YoSoyTa_
Instagram: @talitanossol
Snapchat: talitanossol

;

26 agosto 2015

GNIB em mãos: como foi o processo




Habemus Visto! Finalmente consegui meu GNIB, depois de 27 dias na Ilha Esmeralda.

Cheguei às 7h15 na Imigração (abre às 8h) e peguei a senha 61, fui atendida às 9h40. Você só entrega para a pessoa a sua Carta da Escola, apólice do Seguro Governamental, Extrato do Banco e Passaporte. Ela confere, tira a sua foto, as digitais dos dois dedos indicadores e debita no cartão os 300 euros.

Depois disso é preciso aguardar para tirar as digitais de todos os dedos e fazer a sua assinatura digital, fui chamada às 11h para fazer isso. Às 11h40 uma moça chama as pessoas pelo nome , entrega a carteirinha do GNIB e o Passaporte. Pronto! Visto até 07 de agosto de 2016.

Importante ressaltar que você não deve andar com seu GNIB e Passaporte por aí, se perder dá zica! Deixe guardado e só leve com você quando for viajar. Como documento pode usar sua CNH do Brasil que eles aceitam.

Quais foram os passos desde que cheguei até tirar o visto?

30/07 - Cheguei em Dublin
10/08 - Minhas aulas iniciaram e solicitei a Bank Letter para a Erin School (a escola não quis liberar minha carta antes das aulas começarem, mesmo eu já tendo endereço fixo).
12/08 - A carta ficou pronta, mas eles erraram o endereço e tive que solicitar novamente.
13/08 - Peguei a Bank Letter correta na escola.
14/08 - Fui abrir a conta, mas não consegui pois já tinha atingido o limite de contas de estudante no dia.
20/08 - Chegou a senha.
24/08 - Chegou o cartão.
25/08 - Depositei os 3 mil euros e tirei o extrato no banco AIB.
26/08 - Tirei o GNIB.

É isso, não é nada complicado, só demorado. 

Para acompanhar meu dia a dia em Dublin, siga-me nas redes sociais:

Facebook: Tá na Europa
Twitter: @YoSoyTa_
Snapchat: talitanossol
Instagram: @talitanossol

;*

24 agosto 2015

Banco AIB: tempo de abertura da conta



Como bastante gente está chegando agora e ainda querendo pegar o 12 meses de visto, vou compartilhar o tempo da abertura da minha conta para vocês terem uma noção.

10/08 - Solicitei a Bank Letter para a Erin School of English (pedir para o email info@erin-school.com).
12/08 - A carta ficou pronta, mas eles erraram o endereço e tive que solicitar novamente.
13/08 - Peguei a Bank Letter correta na escola.
14/08 - Fui abrir a conta, mas não consegui pois já tinha atingido o limite de contas de estudante no dia.
20/08 - Chegou a senha.
24/08 - Chegou o cartão, é só depositar (dentro do banco), tira o extrato na hora e pede para carimbar.

No total foram 14 dias, agora é só pegar todos os documentos e ir na imigração tirar o GNIB. Lembrando que a agência conveniada com a Erin é a da Grafton Street.

O Maurício, consultor da Agência Mundi aqui em Dublin, me auxiliou durante todo o processo, e foi pessoalmente no banco abrir a conta comigo, vale ressaltar. Quando eu for tirar o GNIB conto o processo também.

Para acompanhar meu dia a dia em Dublin, siga-me nas redes sociais:

Facebook: Tá na Europa
Twitter: @YoSoyTa_
Snapchat: talitanossol
Instagram: @talitanossol

;*

23 agosto 2015

E a autoestima? Venha preparada!



Este post em especial é para as mulheres! Cola nas minhas dicas para chegar aqui preparada porque morar em Dublin não é um mar de rosas não, principalmente nessa parte de beleza.

Primeiro, como já falei em outro post, vem preparada e trabalhada no hidratante porque sua pele vai ficar muito seca. Mãos, rosto, pés, tudo. Alguns dizem que é o frio, eu acho que é a água, porque cheguei no verão e praticamente não peguei frio aqui.

Outra coisa que eu atribuo à água é o cabelo, leva um tempo para ele se acostumar com tudo. Confesso que não senti muito essa diferença, comprei shampoo e condicionador da Aussie para cabelos tingidos (10 euros na Boots o conjunto) e pode ter ajudado. Mas em geral as meninas reclamam bastante.

Assim que cheguei aqui minhas unhas se despedaçaram! Nunca tive unhas tão fracas, penso que seja pela água também, pois não vejo outra explicação.

Aliás, unhas são um caso a parte. Você amiga que estava acostumada a fazer religiosamente sua unha toda semana no salão, prepara seu kit e começa a fazer sozinha. Fazer unha no salão aqui é MUITO caro, mas tipo muito caro mesmo! Não dá. Até tem brasileiras que fazem a unha por um preço menor, mas sinceramente, para intercambista qualquer euro é dinheiro, então você não vai querer gastar com isso.

E os pés? Para mim até agora tem sido a parte mais complicada. Como aqui em Dublin se anda muito, mesmo o calçado mais confortável do mundo vai ter dar calos. Você que está acostumada a ter um pé de princesa no Brasil, vem preparada porque aqui ele vai mudar. Cada dia tenho calo em um lugar diferente, teve um dia que meu pé chegou a sangrar, sem exageros.

Ainda não precisei retocar o meu cabelo, a menina que mora comigo disse que faz o dela com uma brasileira aqui, provavelmente vou pegar o contato e fazer também. Depilação também por enquanto estou me virando como consigo.

Sempre saio bonitinha, maquiada, arrumo o cabelo... mas aqui você vai andando né? Chego morta e acabada nos lugares HAHAHA Quem me acompanha no snapchat geralmente vê, já estou me acostumando agora. Mas é engraçado.

Você pode estar lendo isso e pensando "quanta futilidade"! Não amiga, pequenas coisas no dia a dia mexem diretamente na sua autoestima, por isso eu digo, venha bem preparada para tudo! Tem coisas que é só sentindo na pele mesmo.

Para acompanhar meu dia a dia em Dublin, siga-me nas Redes Sociais:

Facebook: Tá na Europa
Twitter: @YoSoyTa_
Instagram: @talitanossol
Snapchat: talitanossol

;*

22 agosto 2015

O que vocês querem ver no blog?



Oi pessoal, tudo bem?

Resolvi fazer uma pesquisa para saber quais assuntos vocês querem ver no blog. Depoimento de alguma escola específica? Dúvidas sobre como são as coisas aqui na Irlanda? O que vocês querem ver no blog?

Deixem suas sugestões para mim nos comentários ou no email talitanaeuropa@gmail.com, por favor!

Muito obrigada, assim saberei melhor como preparar meus próximos posts e creio que vocês vão se identificar também.
Tenham um sábado abençoado!

Sigam-me nas rede sociais para acompanhar meu dia a dia em Dublin:

Facebook: Tá na Europa
Twitter: @YoSoyTa_
Instagram: @talitanossol
Snapchat: talitanossol

;*



21 agosto 2015

Mudanças na Erin School of English



Nunca presto atenção no mural da escola, mas hoje este aviso me chamou a atenção. A partir de 28 de setembro o horário das aulas irá mudar para 09h00 - 12h15 e 12h45 - 16h00. As aulas terão 3 horas de duração com 15 minutos de intervalo.

Perguntamos para a nossa professora o porquê disso e ela comentou que a escola passará por várias mudanças para se adequar ao que o Governo exige. Questionamos a quantidade de alunos por sala, já que haverão menos turmas sendo que o turno das 14h30 - 17h00 irá acabar, e ela disse que as turmas ficarão menores porque eles pegarão mais salas.

Enfim, agora é esperar, mas se realmente for dessa forma acredito que as mudanças serão bem positivas para os alunos.

Siga-me nas Redes Sociais para acompanhar meu dia a dia em Dublin:

Facebook: Tá na Europa
Twitter: @YoSoyTa_
Instagram: @talitanossol
Snapchat: talitanossol

;*

20 agosto 2015

Meu primeiro cleaner



Estava na cama quando minha rommate falou "Talita, quer fazer um cleaner hoje? Tirar mofo do banheiro de um apartamento.", não pensei duas vezes e aceitei.

A menina que iria fazer acabou ficando com uma inflamação na garganta e passou para a menina que mora comigo, mas ela também não poderia fazer porque batia com o horário dela, então ela acabou passando para mim... e assim surgiu meu primeiro bico aqui em Dublin.

Era na casa de brasileiros, para ganhar 9 euros a hora, fiquei 3 horas lá.

Por isso, pense 2 vezes antes de fugir de brasileiros aqui em Dublin, pois são eles que vão te ajudar, e possivelmente algum deles que irá te indicar para bicos ou até mesmo vagas de emprego fixo.

E assim as coisas vão acontecendo, muito feliz e agradecida por todas as bênçãos de Deus na minha vida!

Para acompanhar meu dia a dia em Dublin, siga-me nas redes sociais:
Facebook: Tá na Europa
Twitter: @YoSoyTa_
Instagram: @talitanossol
Snapchat: talitanossol

;*

18 agosto 2015

Como falar com a família

Por sorte nos dias atuais com a tecnologia temos várias opções para mantermos contato com a família e os amigos no Brasil, basta escolher a que mais se adapta a nós.

Como meus pais não sabem mexer no skype no computador, nós só conseguimos conversar por vídeo quando meu irmão está em casa, então no dia a dia mantemos contato por whatsapp e ligações mesmo.

Há operadoras aqui na Irlanda como a Lycamobile que oferecem planos de ligações de 1 centavo por minuto para outros países, mas como eu uso muita internet, preferi a operadora Three. Com 20 euros mensais tenho internet ilimitada, e ela é tão boa que usamos como roteador para o notebook aqui em casa, nem temos wi-fi.


A maior invenção do último ano para mim foi a opção de ligação no whatsapp. Sim! Mantenho contato com a minha família ligando pelo whats, de graça! Posso falar o tempo que quiser com eles. A ligação fica perfeita desde que no Brasil eles estejam em algum lugar que tenha wi-fi, porque o 3G de lá não colabora.

Algumas pessoas preferem manter o chip da Lyca para ligações e do da Three para internet, mas como ia ser muita função ficar mudando de chip estou fazendo dessa forma, e está muito bom! Só fico esperando dar certo os horários (por causa do fuso) para falar com eles e matar as saudades!

Siga-me nas redes sociais para acompanhar meu dia a dia em Dublin:

Facebook: Tá na Europa
Twitter: @YoSoyTa_
Instagram: @talitanossol
Snapchat: talitanossol

;*

17 agosto 2015

Finalmente abri a conta no banco!

É TETRAAAA! É TETRAAAA! 



Sexta-feira cheguei no banco AIB da Grafton Street, o qual minha escola é conveniada, às 9h20 da manhã e tinha mais de 10 pessoas na minha frente. Quando o banco abriu, nos informaram que havia um limite de apenas 4 contas para serem abertas naquele dia, e não era possível agendar para frente.

Se cheguei 40 minutos antes do banco abrir e já tinha 10 pessoas na minha frente, vi que tinha que madrugar para conseguir abrir a conta. Como muitos alunos adiantaram suas viagens para tentar pegar o visto de 12 meses, o banco não está conseguindo suprir a demanda.

Então hoje, segunda-feira, sai de casa 6h e pouco da manhã para garantir o meu lugar. Pensei que seria a primeira a chegar e levei um susto quando vi que já tinham 3 pessoas na fila!

E fiquei lá, desde às 7h da manhã esperando para ser atendida. Hoje eles acabaram distribuindo as senhas antes das 10h, e em maior numero também... acredito que foram agendadas umas 12 pessoas para hoje.

Finalmente abri a conta. O processo é rápido, você só precisa entregar a Bank Letter e o passaporte para eles conferirem e preencher seus dados (nome, e-mail e telefone) em um tablet. Agora é só esperar chegar a senha e o cartão pelo correio, deve levar uns 5 dias.

Se você é da Erin School e também precisa abrir a conta no AIB da Grafton Street fica a dica: pelo menos nos meses de agosto e setembro para conseguir é preciso chegar muito antes das 10h e garantir o seu lugar. Boa sorte!

14 agosto 2015

Nem sonhe em vir só com os 3 mil euros

É assim que estou me sentindo hoje:


Imprevistos acontecem né? Estou há 15 dias em Dublin e ainda não consegui abrir minha conta no banco.

Quem já pesquisou um pouquinho sabe que depois de aberta a conta, ainda demora mais uns 7 dias para vir o cartão e a senha, e só depois você consegue depositar os seus 3mil euros, tirar o extrato e ir na imigração.

Trouxe mil euros a mais para o primeiro mês, mas há muitos gastos extras no início como o depósito da casa etc. Sem falar que você chega e fica deslumbrado achando tudo barato, acaba gastanto bem mais que o necessário.

Por isso eu digo, não venha com os 3 mil euros contatos! Vai demorar umas 3 semanas para eu poder mexer nessse dinheiro, imagina se eu não tivesse trazido a mais?

Explicando: eu cheguei em Dublin dia 30/07 e minha aula só começou dia 10/08, mesmo já tendo endereço fixo a escola não quis liberar a minha Bank Letter antes. Ela ficou pronta nessa quarta-feira, mas eles fizeram errado e tiveram que refazer. Só consegui pegá-la ontem, e hoje quando fui no banco o limite de contas de estudantes já tinha sido atingido. Terei que ir segunda novamente.

E é isso, espero que eu consiga abrir minha conta segunda-feira senão a coisa vai ficar feia! hehehe

Para conferir o processo de visto da Erin School of English clique AQUI.

Siga-me nas redes sociais para acompanhar meu dia a dia em Dublin:
Facebook: Tá na Europa
Twitter: @YoSoyTa_
Instagram: @talitanossol
Snapchat: talitanossol

;*

13 agosto 2015

Governo irlandês altera funcionamento do período de férias



Seguindo as mudanças decorrentes da reforma promovida pelo governo irlandês no campo do ensino da língua inglesa no país, um documento publicado pelo INIS (Serviço de Naturalização e Imigração da Irlanda) atualiza algumas prerrogativas que as escolas presentes no ILEP (lista que será publicada em 1º de outubro contendo as escolas aptas a receber alunos estrangeiros) precisarão seguir.

Abaixo listamos dois pontos que merecem destaque na preparação do futuro intercambista da Ilha Esmeralda:

1- O exame de proficiência (como o TIE, IELTS ou CEA) será obrigatório ao final dos cursos de long duração. Vale ressaltar que o ACELS já estava tomando o exame como obrigatório há album tempo, ou seja, algumas escolas certificadas pelo selo já estavam cobrando isso dos alunos.

2 - O processo das holidays também será alterado a partir de 1º de outubro. Desta data em diante, os alunos entregarão um plano de estudos para a imigração na hora de fazer o GNIB, detalhando em quais momentos els planejam tirar holidays. O aluno não poderá entrar em holidays em nenhum outro momento que não o citado neste plano. O período de holidays não poderá exceder 1/3 do período de aulas transcorrido e as 25 semanas de aula precisam ser concluídas em um período máximo de 7 meses.

Outra grande mudança, a diminuição da validade do visto de estudante de 12 para 8 meses.





Estudando na ELA: Victor Silva

Como sempre me pedem informações sobre outras escolas, hoje traremos as primeiras impressões do aluno Victor Silva sobre a English Language Academy, a ELA. Muito obrigada Victor por colaborar com o blog!



Nome:
Victor Barbosa da Silva

Natural de qual cidade/Estado?
Vim de São Paulo, mas nasci em Campo Limpo Paulista.

Há quanto tempo está na Irlanda?
Cheguei há 1 semana, 8 dias hoje para ser mais exato.

Como é estudar na ELA? O que mais gosta na escola? E o que menos gosta?
Pessoalmente gostei bastante da ELA, a metodologia é boa. Em um dia da semana temos um "clube do livro", nele falamos um pouco de algum livro que estamos lendo (em inglês o livro, claro) e podemos retirar o livro da própria biblioteca da escola. Também marcamos passeios culturais. Ontem mesmo estávamos na exposição do W.B.Yeats que foi uma pessoa muito importante para a Irlanda e sua cultura. Claro que o ponto ruim de lá é a quantidade de brasileiros, se você realmente quiser praticar o inglês, não pode se acomodar em falar português com os outros alunos.

Qual nível está estudando?
Consegui pegar o avançado. Estou aprendendo bastante coisa e a professora Sina'ed (espero que tenha escrito certo, nome irlandês é complicado) é ótimoa e super atenciosa também.

Você recomenda que outras pessoas estudem na ELA?
Com certeza, nessa primeira semana está sendo ótimo. Se continuar assim até o final do curso, tenho certeza que vou voltar para o Brasil com um inglês muito melhor.

Qual dica você daria para quem está prestes a vir para Dublin?
Que planeje bem antes de qualquer coisa. Também começar a preparar tudo pelo menos 2 meses antes de embarcar. Eu mesmo não consegui me despedir de tanta gente. Ter em mente que o primeiro mês também vai trazer um gasto relativamente grande por causa do depósito e pagamento de aluguel, e já tentar marcar algumas entrevistas de acomodação antes de vir. Eu não fiz isso e confesso que me deu uma certa preocupação, mas felizmente dei sorte e consegui uma casa rápido.

Deixe uma mensagem para quem sonha em fazer intercâmbio:
Só planejar bem e vir. É uma experiência que vai ficar para o resto da vida e quem faz isso acaba reaprendendo tanta coisa de novo. Eu mesmo me senti uma criança, mas não por não saber tanto sobre a Irlanda, mas é porque tudo era novidade, tudo tão bonito e isso me deixou bastante feliz quando cheguei. Então a dica é só vir e se aventurar mesmo, pois arrependimento mesmo eu duvido que algum intercambista vai ter algum dia.



11 agosto 2015

Erin School of English: primeiras impressões



Minhas aulas na Erin iniciaram ontem e finalmente posso dar minhas primeiras impressões sobre a escola.

Uma semana antes de embarcar fui informada pela agência de que minhas aulas iniciariam dia 10/08, e não mais dia 03/08 conforme combinado anteriormente, porque neste dia era feriado na Irlanda e as aulas deveriam começar na segunda. Quando cheguei em Dublin conheci pessoas que mesmo assim iniciariam as aulas na terça-feira dia 04/08, mas ok.

Mandei meu endereço pedindo a Bank Letter para abrir a conta no banco e dar início ao processo de visto, e a escola me respondeu que eu só poderia solicitar depois que minhas aulas iniciassem e não poderiam fornecer antes. Pedi novamente nesta segunda e deve ficar pronto amanhã (2 dias). ATUALIZANDO: a carta já está pronta, recebi um email avisando. Ficou pronta antes do previsto.

Fiz o teste online no site e cai no nível upper-intermediate, acertando 50 questões das 70. Confesso que fiquei com medo de não acompanhar a turma, pois meu inglês está péssimo e eu mal e porcamente consigo conversar com as pessoas. Foi mais ou menos o que aconteceu. O professor entrou na sala, fez 3 ou 4 perguntas para mim e outra menina que estava inicianto no mesmo dia e logo a moça da recepção disse para mudarmos de turma, agora estou no intermediário.

Chegamos na outra sala e a professora sequer perguntou o nosso nome, continuou a aula normalmente. Ninguém tem material, ela passa as coisas no data-show e todos devem copiar. Hoje iniciou outra menina e foi a mesma coisa, ela nem pediu para se apresentar, nem nada. Acho que era o mínimo né? Eu nem sei o nome das pessoas que estudam comigo, mas enfim. 

Todas as salas estão bem cheias, hoje contei 14 na minha turma. Todos brasileiros. Aliás, não vi nenhum aluno ainda de outra nacionalidade na escola por enquanto.

A estrutura física da escola até que é boa, estudo no prédio novo e é tudo novo e bonito. Só o banheiro que é sujo, mas talvez seja culpa de quem usa também.

Estou estudando das 12h00 às 14h30 e me informaram na recepção que só é possível mudar se eu arrumar um emprego, levando uma carta do meu empregador.

Sobre a presença, cada aluno ganha um código e a recepcionista passa em cada sala no final das aulas para validar. Os alunos tiram foto e só mostram o celular para ela, bem prático.

Enfim, a escola é bem precária e bagunçada. Tem bastante coisa para melhorar, não me assustei tanto porque já fui esperando algo meio zoado. Por isso, se você fechou com a Erin, venha com a cabeça bem aberta, vamos ver como serão os próximos dias. Mantenho vocês atualizados.

Siga-me nas redes sociais para acompanhar meu dia a dia em Dublin:
Facebook: Tá na Europa
Twitter: @YoSoyTa_
Instagram: @talitanossol
Snapchat: talitanossol

;*

09 agosto 2015

10 dias em Dublin



Hoje completo 10 dias em Dublin, como minha aula só começa amanhã (dia 10), fiquei todo esse tempo aqui "a toa". O que foi bom no começo para eu me familiarizar com a cidade, mas confesso que nos últimos dias já estava de saco cheio.

Nesse tempo conheci muitas pessoas e lugares novos, já tive despedidas, já chorei de saudade, entre outras coisas. O que aprendi?

Praticamente só falei português. Você chega em uma acomodação que só tem brasileiro, se muda para outro apartamento que só tem brasileiro, vai para a balada só com brasileiros. É impossível fugir, pelo menos no começo. Minha dica é: saia de casa! Vá fazer compras sozinho, vá para a balada e converse com os irlandeses. Não fique esperando eles virem até você. E confesso que tenho que melhorar muito nessa parte.

Por este motivo, é possível sim vir para a Irlanda sem falar nada de inglês, se essa é a sua dúvida. Sempre vai ter alguém para te ajudar no começo.

Se você é solteiro(a), vale baixar esse aplicativos como o Tinder e o POF, ajuda a treinar bastante o inglês no início, além de conhecer pessoas legais (mas eu não conheci ainda rs).

Peguei vários dias de sol, então ainda não tenho o que reclamar do tempo. Mas aprendi que não dá pra sair sem capa de chuva na bolsa, muito menos sem casaco. Pode estar calor, mas de uma hora para outra fica frio, bem frio.



Aqui as baladas acabam as 3h da manhã e eu vou embora a pé, sozinha, sem medo. Essa é a maior diferença que senti do Brasil para cá até agora: a segurança. Claro que você tem que saber aonde andar, mas não tem comparação.

Ainda estou me familiarizando com as comidas daqui, mas tenho um comentário a fazer: o queijo daqui é MUITO BOM! hahaha E é infinitamente mais barato comer em casa do que na rua.

Ninguém dá bola para como você se veste aqui, já fui no mercado aqui da esquina de pijama, e ninguém liga, de verdade.

Enfim, conforme for lembrando das coisas, vou postando aqui. Já fiz outro post de curiosidades e diferenças da Irlanda se quiserem dar uma olhada.

Hoje é dia dos pais, e eu gostaria muito de estar pertinho do meu, mas como não foi possível meu irmão me representou, valeu baby!



Siga-me nas redes sociais para acompanhar meu dia a dia em Dublin:
Facebook: Tá na Europa
Instagram: @talitanossol
Snapchat: talitanossol
Twitter: @YoSoyTa_

;*

07 agosto 2015

Fazendo as malas: erros e acertos



Agora que já vim, posso falar com propriedade do que errei e acertei em trazer para a Irlanda. Vem comigo:

Roupas de cama
Traga lençol e fronha de travesseiro. Poupa alguns euros no começo e também o stress de ter que sair comprar no início.

Toalhas de banho
Mesma coisa das roupas de cama. Eu trouxe só uma toalha para o corpo e outra para o cabelo e me arrependi, deveria ter trazido mais.

Roupas de verão
Traga, ao contrário do que se pensa, usa sim. Já usei camiseta, saia e vestido com meia calça. Dentro da maioria dos lugares aqui é bem quente, você acaba tendo que tirar o casaco.

Roupas de frio
Se você é de alguma cidade do norte/nordeste que faz calor o ano todo e não tem nada de frio, deixe para comprar aqui, pois é infinitamente mais barato. Mas se você é do sul como eu, traga o que tem para quebrar um galho. Eu trouxe meus casacos preferidos e ainda não precisei comprar nada aqui.

Calçados
Traga só calçados confortáveis. Aqui se anda muito, muito mesmo. Mesmo aquele tênis que você gosta bastante pode fazer bolhas depois de uma longa caminhada. Salto nem pensar, aqui na balada o pessoal vai de calçado baixinho também, ninguém liga muito para isso não. O que vale é o conforto.

Roupas para ficar em casa
Sim! Traga aquele moletom velho que você ama, aquela legging que está velhinha e você usa em casa. Às vezes nós queremos só trazer roupas novas e bonitas porque estamos indo viajar, mas esquecemos que teremos uma vida normal e sim, precisamos de roupas confortáveis para ficar em casa. Você não vai querer gastar dinheiro com isso aqui né?!

Meia-calça
Tem meia calça por 2 euros na Penneys, se você não costuma usar meia calça no Brasil pode deixar para comprar aqui.

Maquiagem
Traga o que você tem, aos poucos vai comprando aqui o que precisa.

Hidratante
Traga o que você tem do Brasil para quebrar um galho no começo, como falei num outro post, nossa pele sofre muito com a mudança do clima e da água. Principalmente as mãos e os pés.

Shampoo, Condicionador, Sabonete, Escova de dente, Pasta, etc.
Traga o que você usa no Brasil, pois vai te poupar euros e incomodação de ter que sair comprar isso nos primeiros dias. Mas se acabar (como acabou o meu shampoo) compra aqui que é baratinho.

Remédios
Até agora não precisei usar nada (Thanks God!), mas trouxe do Brasil alguns mais básicos que costumava tomar lá. Além de anticoncepcional e remédio controlado que eu tomo. Trouxe receita médica para o anticoncepcional e o remédio controlado, todos fora da caixa e com a bula junto. Remédio controlado na mala de mão e o restante nas malas despachadas. Não deu problema nenhum, sequer fui questionada sobre isso.

Kit unha
Trouxe alguns esmaltes que eu gosto e alicates, etc para fazer a unha. Não vou precisar gastar com isso aqui por um bom tempo.

Comidas
Tem tudo aqui, mas é bom trazer alguma coisa do Brasil para economizar. Por exemplo: Nescau. Se você toma desde criança e não vive sem, traz. Eu não tomo café, mas já me falaram que o café daqui não é legal, então traz. Essas coisas, de resto tem tudo aqui, mas coisas que só tem no Brasil, aqui você vai pagar mais caro.

Eletrônicos
Computador, celular, câmera... traga o que tem. Com o tempo você pode comprar aqui, mas não é muito barato não. A não ser que você venha com esse dinheiro sobrando.

Perfume
O meu acabou na última semana em que estava no Brasil e deixei para comprar aqui. Mas não é mais barato, praticamente o mesmo preço do Brasil.

Lembre-se: na mala de mão são permitidos frascos de até 100ml, e eles fiscalizam isso. Tive que abrir minha mala em Guarulhos para conferirem o tamanho da minha pasta de dente e do demaquilante.

Acho que é isso, se eu lembrar de mais alguma coisa, atualizo o post depois. Gostaria de agradecer Giovana Rohden que me deu essa dica de post por inbox na fanpage do facebook. Muito obrigada pelo carinho e por acompanhar o blog!
Se você tem alguma dica também, deixe um comentário com sua sugestão, desde já agradeço!

Siga-me nas redes sociais para companhar meu dia a dia em Dublin:
Facebook: Tá na Europa
Instagram: @talitanossol
Snapchat: talitanossol
Twitter: @YoSoyTa_

;*

06 agosto 2015

Passeio: Dublin Castle

Toda primeira quarta-feira de cada mês alguns pontos aqui em Dublin são abertos para visitação gratuita. Resolvemos aproveitar e visitar o Dublin Castle, onde normalmente são 6 euros para entrar.

É permitido tirar fotos apenas sem flash, e o famoso pau de selfie também é proibido. Confiram algumas fotos:














É isso, para acompanhar meu dia a dia em Dublin siga-me no snapchat e no instagram, ambos talitanossol.

Até a proxima! 
;*


05 agosto 2015

O drama da acomodação

Estou vivendo no céu aqui em Dublin, desde que cheguei só me aconteceram coisas boas e tudo é crescimento e aprendizado. Mas muita gente reclama, muita mesmo. Que quando chegou foi difícil, blá blá blá, comecei a pensar porque estava sendo diferente e cheguei a uma conclusão: acomodação.

Como estava em vários grupos do whatsapp e convivendo há meses, uma menina ofereceu uma vaga temporária no ap dela, pois ela iria fazer um trip com o namorado. A vaga iniciava bem no dia em que terminava a minha acomodação, não tive dúvidas e deixei acertado na hora! Então eu cheguei sem me preocupar com isso, enquanto as pessoas chegam aqui loucas em ter que arrumar alguma coisa em poucos dias.

Mexe com sua autoestima, você faz várias visitas e tem que esperar ser aceito. Não é nada legal. Claro que é arriscado fechar algo do Brasil, pois você pode chegar aqui e ser algo totalmente diferente. Mas se posso dar uma dica é: não deixe para resolver tudo aqui. Comece a ver casas antes de sair do Brasil, deixe visitas agendadas, deixe coisas encaminhadas para não ter surpresas.

Isso vai reduzir e muito o seu stress aqui, e quem sabe você pode aproveitar Dublin melhor!

Beijos e boa sorte!

04 agosto 2015

Curiosidades e diferenças aqui na Irlanda

Olá!



Relatarei algumas diferenças que eu estou observando aqui. Algumas já tinha lido em outros lugares, mas só sentindo na pele que realmente se vê.

Papel Higiênico
Aqui o papel é jogado na privada porque é biodegradável. Há um lixeiro no banheiro para resíduos (absorvente, etc). O papel é na privada mesmo. Difícil se acostumar quando você passou 29 anos da sua vida aprendendo que isso é errado né?!

Deu o horário? Fechou!
Aqui as lojas fecham às 18horas, e diferente do Brasil, deu o horário fechou. Entrei perto das 18h em uma farmácia comprar um shampoo e o cara veio do meu lado falar que estava fechando, me mandou embora, literalmente. No Brasil se a gente consegue entrar antes do horário de fechamento consegue comprar as coisas, aqui não. Passei vergonha, mas agora aprendi.

Boiler
Todo mundo já chega na Irlanda sabendo que o chuveiro aqui não é elétrico, precisa ligar o boiler para a água esquentar. Até aí ok, até você querer tomar banho de manhã cedo e lembrar que tem que ligar o boiler, esperar, e depois ir tomar banho. Pelo menos a água é bem quentinha.

Água
A água aqui é diferente. Eu que sempre tive pele oleosa agora estou com ela muito seca. Sinto a diferença principalmente nas mãos. Haja hidratante!

Mão inglesa
Como aqui a mão é inglesa, antes de cada faixa está escrito "look right" ou "look left" e uma flechinha apontando. Muita gente deve se confundir.

Sacola Plástica
Foi no mercado sem sacola? Precisa comprar uma. Em vários lugares, então sempre tenha uma sacola com você.

Assim que eu for lembrando de mais coisas vou postando. Meninas, tragam hidratante pelo menos para o começo, vão precisar!

Me sigam no snapchat e instagram para acompanhar meu dia a dia aqui em Dublin, ambos talitanossol.

Até a próxima ;*




02 agosto 2015

Passeio: Cliffs of Moher

Ontem fui conhecer a famoso ponto turístico Cliffs of Moher, já tinha visto uma excursão antes mesmo de sair do Brasil, e acabei confirmando aqui na sexta-feira.

"Nossa, mas você acabou de chegar. Por que ir tão cedo?"

Porque eu queria ir no verão e pegar um tempo bom, e fui muito abençoada com um sol maravilhoso e um dia lindo!

Saímos 7 horas da manhã de Dublin, paramos no caminho para tomar café e comprar comida para ter durante o dia (não dá tempo de comer, acreditem), e chegamos no destino às 11 horas. Tínhamos até 13h20 para ficaramos à vontade lá.


Os Cliffs têm uma extensão de 8 quilômetros, a entrada é no meio e você pode escolher entre ir para o lado direito ou esquerdo. Fomos para o lado direito, onde são feitas as "fotos de cartão postal" como a guia nos disse. Mas o lado esquerdo também é lindo, além de ser mais alto e poder subir na torre para ter uma visão ainda mais ampla. Como o tempo era curto, não dava tempo de ver tudo, ainda quero voltar para fazer o outro lado.






Como o tempo estava bom, foi possível fazer o passeio de barco, para ter a visão das Cliffs pelo mar. Foi maravilhoso, vale cada segundo. Uma dica: só faça esse passeio ser for muito, mas muito forte. Se você passar mal por qualquer coisinha, não vá! Várias pessoas vomitaram durante o passeio, não é exagero não. O passeio de barco é opcional.






Na volta paramos no Danguaire Castle, um castelo do século 16. Não é um castelo grande, mas muito bonito.




E por último paramos em Galway, cidade linda e aconchegante! Lá acabei não tirando fotos, mas registrei esse artista de rua que valia a pena HAHA


O passeio vale muito a pena, pretendo voltar ainda para conhecer o outro lado das Cliffs. Super recomendo!

Passeio: 35 euros
Barco: 10 euros

Beijos e até a próxima!