11 agosto 2015

Erin School of English: primeiras impressões



Minhas aulas na Erin iniciaram ontem e finalmente posso dar minhas primeiras impressões sobre a escola.

Uma semana antes de embarcar fui informada pela agência de que minhas aulas iniciariam dia 10/08, e não mais dia 03/08 conforme combinado anteriormente, porque neste dia era feriado na Irlanda e as aulas deveriam começar na segunda. Quando cheguei em Dublin conheci pessoas que mesmo assim iniciariam as aulas na terça-feira dia 04/08, mas ok.

Mandei meu endereço pedindo a Bank Letter para abrir a conta no banco e dar início ao processo de visto, e a escola me respondeu que eu só poderia solicitar depois que minhas aulas iniciassem e não poderiam fornecer antes. Pedi novamente nesta segunda e deve ficar pronto amanhã (2 dias). ATUALIZANDO: a carta já está pronta, recebi um email avisando. Ficou pronta antes do previsto.

Fiz o teste online no site e cai no nível upper-intermediate, acertando 50 questões das 70. Confesso que fiquei com medo de não acompanhar a turma, pois meu inglês está péssimo e eu mal e porcamente consigo conversar com as pessoas. Foi mais ou menos o que aconteceu. O professor entrou na sala, fez 3 ou 4 perguntas para mim e outra menina que estava inicianto no mesmo dia e logo a moça da recepção disse para mudarmos de turma, agora estou no intermediário.

Chegamos na outra sala e a professora sequer perguntou o nosso nome, continuou a aula normalmente. Ninguém tem material, ela passa as coisas no data-show e todos devem copiar. Hoje iniciou outra menina e foi a mesma coisa, ela nem pediu para se apresentar, nem nada. Acho que era o mínimo né? Eu nem sei o nome das pessoas que estudam comigo, mas enfim. 

Todas as salas estão bem cheias, hoje contei 14 na minha turma. Todos brasileiros. Aliás, não vi nenhum aluno ainda de outra nacionalidade na escola por enquanto.

A estrutura física da escola até que é boa, estudo no prédio novo e é tudo novo e bonito. Só o banheiro que é sujo, mas talvez seja culpa de quem usa também.

Estou estudando das 12h00 às 14h30 e me informaram na recepção que só é possível mudar se eu arrumar um emprego, levando uma carta do meu empregador.

Sobre a presença, cada aluno ganha um código e a recepcionista passa em cada sala no final das aulas para validar. Os alunos tiram foto e só mostram o celular para ela, bem prático.

Enfim, a escola é bem precária e bagunçada. Tem bastante coisa para melhorar, não me assustei tanto porque já fui esperando algo meio zoado. Por isso, se você fechou com a Erin, venha com a cabeça bem aberta, vamos ver como serão os próximos dias. Mantenho vocês atualizados.

Siga-me nas redes sociais para acompanhar meu dia a dia em Dublin:
Facebook: Tá na Europa
Twitter: @YoSoyTa_
Instagram: @talitanossol
Snapchat: talitanossol

;*

11 comentários:

  1. Talita adorei o post. Já vou preparada. Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Talita, obrigado por contar sua experiência na escola. Estou para fechar com a Erin também e isso abriu mais ainda minha cabeça. Continue atualizando sobre suas experiências que estou acompanhando. Obrigado.

    ResponderExcluir
  3. Talita, vou para a Erin School em setembro. Quero saber mais dela e de sua rotina.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada por acompanhar o blog! Pode deixar que sempre vou postar mais coisas sobre a Erin e como estão sendo as coisas ;))

      Excluir
  4. Olá Talita, tenho acompanhado seu blog desde que você chegou na Irlanda, e está super legal! Não pare de escrever!
    Depois de ler sobre a sua escola, resolvi fazer uma resenha da minha. Dá uma olhada depois. http://www.naynairlanda.com/#!Como-é-estudar-na-Language-in-Dublin/cmbz/55ce033c0cf2b503a1a41155
    Um grande abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Nayara! Vou conferir simm! Bejãoo :*

      Excluir
  5. Ótimo post... inclusive muito esclarecedor pois a uns 3 meses atras fiz uma cotação em uma agencia aqui no Brasil e o cara da agencia me perguntou se eu já havia cotado em outro lugar, fui sincero e disse que sim, ele perguntou qual escola e me disse que essa escola na qual eu estava cotando era cheia de brasileiro e que a escola que ele estava me indicando primava pela diversidade de nacionalidade e que isso não ocorreria na Erin. Pois bem, é relatos assim que sabemos que esse povo mente demais. Uma dica, procurem, pesquisem e questionem, pois o barato pode sair bem caro. (Não coloquei o nome da escola na qual eu fechei pq acho que não vem ao caso e mesmo sabendo que pode ter 100% de brasileiros na sala, não estou sendo ludibriado quanto a isso)
    Parabéns pelo Post, ajudará muita gente na pesquisa e estar bem informados de como são as escolas é bom na hora de negociar com agencias aqui no Brasil).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Fê! Volte sempre e boa sorte com seu intercâmbio! :))

      Excluir

Dúvidas, sugestões e recadinhos são bem-vindos!