30 maio 2015

Estudando na Erin School of English: Rafael Tiso

Continuando com as nossas entrevistas com os alunos que já estão estudando na Erin, hoje vamos bater um papo com o Rafael Tiso. Muito obrigada desde já pela disponibilidade em nos ajudar!



Nome:
Rafael Tiso

Quantos anos você tem? Natural de qual cidade/estado?
Tenho 29 anos, sou Administrador de Empresas com MBA em Mercado Financeiro. Natural de Três Pontas, sul de Minas Gerais.

Como surgiu a ideia do intercâmbio?
Intercâmbio pra mim sempre foi um sonho desde a época da faculdade, até mesmo vivenciando entre meus amigos, pois a grande maioria já morou fora do Brasil em diferentes países. Como não tinha condições na época da facul e meu pai já pagava, não tive coragem de pedir para ele ter mais esse gasto. Afinal a finalidade era eu me formar e trabalhar com ele na empresa da família. Mas segui meu coração e juntei dinheiro para no momento certo realizar este sonho, e aqui estou!

Está na Irlanda há quanto tempo? E quanto tempo pretende ficar?
Estou na Irlanda há um mês e meio, ficarei um ano, mas certamente irei renovar.

Como é estudar na Erin School of English? O que você mais gosta na escola? E o que menos gosta?
A Erin é uma boa escola, no teste cai no nível pré-intermediário, fiquei uma semana e vi que não estava acompanhando a classe. Fiz minha auto análise e cheguei a conclusão que se pedisse para voltar um nível minha base seria melhor. Hoje adoro a Mari, minha professora, muito atenciosa e dedicada, não fala nada de português coitada... faz até mímicas para nos passar as informações. O prédio é novo, possui três outras escolas e a Erin fica no terceiro andar. Já tivemos até simulação de saída de emergência no caso de incêndio, convites para conversações em pubs e até futebol entre os colegas de outras salas. Entretanto não podemos nos iludir, a Erin é uma escola barata, e escola barata é garantia de muitos brasileiros. Tanto na minha primeira sala quanto na que estou agora só tem brasileiros, isso dificulta um pouco a aula, pois não adianta, acaba que você fala em português. A didática da escola também deixou a desejar, antes davam xerox, agora dão um livro para cada dupla ou trio e no final da aula a professora recolhe. Acaba que você não tem material para estudos depois. Acredito que uma apostila de xerox, mesmo que o aluno pague, assim como fazemos em faculdade no Brasil teria maior eficiência no estudo individual em casa.

Você recomenda que outras pessoas estudem na Erin?
Tudo depende do seu foco. Existem muitas escolas piores e bem como melhores. Eu recomendo sim, acredito que a escola ajudará na gramática, mas o inglês só dependerá de você... não adianta estudar na escola mais cara de Dublin e viver somente se comunicando em português.

Está trabalhando?
Eu separei em etapas minha chegada em Dublin:
1. Casa fixa rápido, cheguei numa sexta e no domingo consegui casa.
2. Ter endereço fixo, abrir conta e tirar o GNIB (tirei com 27 dias desde a chegada)
3. Emprego. Essa semana já fiz meu currículo e saí entregando como se fosse um carteiro, pensamento positivo que uma hora sai algo. Mas ainda não estou trabalhando.

Qual dica você dá para quem está prestes a embarcar para Dublin? Deixe uma mensagem para quem sonha em fazer intercâmbio:
A dica que dou é: acredite em você, tenha foco, perseverança! Não será fácil, você vai passar frio, vai tomar chuva, vai andar como nunca andou na sua vida (já traga um tênis bom e impermeável rsrs), mas a experiência que terá será para sempre! Podem te tirar tudo: podem tirar seu dinheiro, seu carro, sua casa, bem material ou afetivo... mas o conhecimento é a única coisa que ninguém tira. Isso estará com você até o seu último suspiro, portanto estude. É para essa finalidade que estamos aqui, erre... gagueje... faça mímica... mas fale em inglês, no final você olhará para trás e vai dar risada. Voltar para o Brasil fluente, e com uma bagagem de conhecimento bem maior do que aquele seu carrinho que você tinha tanto amor e vendeu para viver o melhor ano de sua vida; pois nessa bagagem você traz amizades verdadeiras, experiência de vida, o inglês claro e ainda muitos carimbos no passaporte!
Viva seu sonho ou morra sonhando!



12 comentários:

  1. Se deu mal, coitado. Está preso acusado de estupro. Deve ficar 10 anos!

    ResponderExcluir
  2. Estuprador!!!! Posso até imaginar o FDP falando: arrebentei a gringa... Qto s escrotos como este por aí que pensam que ABUSAR de uma mulher sobre efeito de drugs or alcohol é normal ou ok?

    ResponderExcluir
  3. Estuprador!!!! Posso até imaginar o FDP falando: arrebentei a gringa... Qto s escrotos como este por aí que pensam que ABUSAR de uma mulher sobre efeito de drugs or alcohol é normal ou ok?

    ResponderExcluir
  4. É podem te tirar tudo mesmo, inclusive a liberdade.. 14 anos é pouco

    ResponderExcluir
  5. 13 anos é pouco! Tem que apodrecer na cadeia e sofrer muito!

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  7. Esse cara é um monstro. Leiam as reportagens dos jornais estrangeiros, as notícias brasileiras amenizam o horror do que ele fez com a menina.

    ResponderExcluir
  8. Ele queria ficar mais tempo na Irlanda e conseguiu... Na cadeia, pelos próximos 13 anos, ele vai poder treinar bastante o inglês...

    ResponderExcluir
  9. Vai sair da prisão falando inglês nananes. Nana's English

    ResponderExcluir

Dúvidas, sugestões e recadinhos são bem-vindos!