09 julho 2016

Free Tour Highlands - Escócia



Em fevereiro fiz uma viagem curta para a Escócia, e quando estávamos planejando um dos meus flatmates comentou conosco sobre um tour gratuito para as montanhas. Você reserva pelo site e se não comparecer é cobrado o valor no seu cartão, se você for não tem custo nenhum.

Ficamos sem acreditar que o tour era gratuito, mas é mesmo! Fizemos e pode confiar, valeu cada segundo do passeio, foi maravilhoso. No final do passeio eles dão um formulário para preencher dando sua opinião e falam para você dar quanto você acha que o tour valeu, saindo do ônibus você entrega para o guia. Se você não tiver ou não quiser, não precisa dar nada.

Eu e minha amiga não tínhamos muito dinheiro na hora e demos o que conseguimos, mas se eu tivesse, teria dado mais. Um passeio desse por agências custa em média £40,00, para se ter uma noção.

Como reservar
É só entrar no site www.thehairycoo.com e escolher a opção Free Scottish Highlands Tour. Vai aparecer todo o roteiro e as instruções, então é só clicar em Book This Tour para fazer a reserva. É bem simples, só selecionar o número de pessoas, a data desejada.

Além de preencher as informações dos passageiros, eles vão pedir os dados do seu cartão. Pode preencher, não se assuste. Como eu falei, só irá cobrar se você NÃO comparecer ao tour. A taxa seria de £17,00 por pessoa, mas caso você não possa ir e cancele com antecedência, não tem custo.

Reserva feita, é só comparecer no local e horário indicados. No nosso caso, a saída foi em frente a um Café próximo a Royal Mile. 

O Tour para Highlands
O ônibus é uma graça! Laranja com franjinha assim como as vacas escocesas que encontramos mais tarde. O guia também era super bem humorado e não parava de falar um segundo.



A primeira parada foi na famosa Fourth Bridge, que fica a 14km de Edimburgo. É a segunda maior ponte ferroviária em vão do tipo cantilever e tem mais de 2,5km de comprimento.




Depois seguimos para o The National Wallace Monument, uma torre no cume do Abbey Craig, em Stirling. Se você quiser pode pagar para subir na torre, mas apenas o local em si já é bem alto e você tem uma vista linda. Próximo aonde paramos o ônibus tem uma lojinha com souvenir e banheiro.






Logo após fizemos uma rápida parada no Doune Castle, também em Stirling. Foi construído no final do século XIV, bem na curva do Rio Teith, proporcionando uma bela vista. É possível entrar no castelo, mas como a visita foi rápida não seria possível.



Então fomos para Callander, que é uma pequena cidade turística e famosa por ser parada para quem segue para Highlands. Desta vez tivemos um tempo maior para dar uma voltinha na cidade e também almoçar. O guia foi bem prestativo nos indicando lugares e tudo mais.



A cidade é um charme! Como estávamos no modo economia, comemos um hamburguer em uma lanchonete mesmo. Depois passamos por uma loja de sorvetes que parecida um sonho, claro que tivemos que provar. Afinal, sorvete no inverno é muito mais gostoso.





A parte do passeio que eu mais gostei foi sem dúvidas o Loch Katrine, nenhuma foto retrata a beleza desse lugar. Bem na hora que chegamos abriu o sol, fiquei simplesmente encantada.



E finalmente foi hora de conhecer as vacas peludas da Escócia, Highlands. Sim, esse bicho lindo é uma vaca! Essa característica de pelos longos é devido às baixas temperaturas das montanhas. A franja tem um papel importante para esse tipo de espécie, pois protege os olhos do vento, chuva e neve no inverno; e no verão a proteção é contra os insetos.

Nas fotos você não tem a impressão de que elas são tão grandes, mas na realidade elas são enormes. Você pode alimentá-las com pão que o próprio guia fornece, e precisa tomar cuidado de não chegar muito perto.




Por último, paramos no Lake of Menteith para mais algumas fotos. Outro lugar que eu gostei bastante.

Como expliquei no início, durante a volta o guia entregou um formulário de satisfação onde eles querem opinião sobre o tour, guia, ônibus, etc. Também pedem para você colocar o valor que acha que esse tour valeria, o valor que você colocar lá não é o que você precisa dar no final. Chegando em Edimburgo você desce do ônibus e entrega o valor que quiser ou puder para o motorista.

Voltamos por volta das 18h e ainda deu tempo de conhecer vários pubs da cidade. Eu achei que o passeio valeu muito a pena. Faria novamente e recomendo a qualquer pessoa que vá para Edimburgo.

Para seguir meu dia a dia em Dublin, siga-me nas Redes Sociais:

Facebook: Tá na Europa
Twitter: @YoSoyTa_
Snapchat: talitanossol
Instagram: @talitanossol

:*

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dúvidas, sugestões e recadinhos são bem-vindos!